RSS

O pai do Alien

25 out

H.R. Giger

Se o filme Alien nunca tivesse existido, onde você acha que estaria hoje? Sua carreira teria tomado outro rumo?

Sim, certamente minha carreira teria seguido um rumo diferente. Com Alien, um público muito maior, global, pôde conhecer meu trabalho. E, é claro, meus desenhos para o filme traziam detalhes que são bastante característicos da minha obra, como os elementos biomecânicos, ausência de olhos, e outras coisas.

No início de minha carreira, praticamente ninguém apoiava meu trabalho. Às vezes isso me desanimava muito. Instituições do governo e organizações culturais, por exemplo, desprezavam meu trabalho como artista sério. O sucesso de Alien e o prêmio da Academia pelas minhas criações para o filme começaram a mudar as visões negativas da minha obra, pelo menos aos olhos do público que o assistiu.

Dan O’Bannon e H.R. Giger no set de Alien, em 1976

Qual foi sua participação em Prometheus, o prelúdio de Alien? Você desenhou novos cenários ou criaturas?

Foi uma grande honra ter sido chamado por Ridley Scott para colaborar em Prometheus. Tanto eu quanto minha esposa Carmen consideramos Ridley um amigo, além de um verdadeiro artista, portanto foi também um prazer pessoal nos encontrarmos e trabalhar juntos mais uma vez. Neste ponto da minha vida, eu normalmente não crio novos conceitos. Acredito já ter uma obra vasta, e prefiro apenas supervisionar a evolução contínua de meus trabalhos já existentes, como criar esculturas a partir das minhas pinturas em aerografia.

Mas para Prometheus eu criei alguns novos sketches, e também dei sugestões em alguns dos cenários usados no filme. Senti que me contataram um pouco tarde para um envolvimento maior. Muitos elementos importantes já haviam sido planejados. Do modo como vejo, a versão final do filme utiliza o que pode ser descrito como uma mistura de vários de meus desenhos e os de outras pessoas.

Você não foi chamado para colaborar em Aliens e Alien 3, e os diretores modificaram suas criações, fazendo-o vir a público expressar sua (justa) indignação. Esse episódio ainda o incomoda, ou o tempo curou as feridas? Você consegue assistir Aliens e Alien 3 hoje, ou eles desenterram muitas lembranças ruins?

Certamente o tempo curou um pouco as feridas, mas uma parte de mim sempre continuará decepcionada porque algumas pessoas se apropriaram de minhas ideias e conceitos de maneira indevida. Gosto de assistir aos outros filmes da série Alien, apesar de que, pelo que ouço, eu devo estar em minoria.

Quando for à Suíça, não deixe de visitar o Giger Bar.

http://www.hrgiger.com/

http://www.bizarremag.com/

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de outubro de 2012 em Entrevistas

 

Tags:

O que achou do post? Diga-nos sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Coluna de Música | J.R. Lima

Alto e bom som, em todos os formatos.

Renzo Mora

Cultura Pop e Banalidades em Geral.

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

waistlowpleasure

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

MONDO 70: A Wild World of Cinema

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Where Beauty & Terror Dance

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Reverend Chiropractors

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Horror Nerd

Just another WordPress.com site

Fascination With Fear

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

DOCTERROR.COM

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Final Girl

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

The Celluloid Highway

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Full Moon Reviews - Horror, Sci-Fi, Action, B-Movies

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Hammer and Beyond

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

42nd Street Cinema

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Taliesin meets the vampires

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

SICKO-PSYCHOTIC

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Reviews from a Dead World

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Filmes do Umbral

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

cinema poeira

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Mondo Cane

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Medo de quê? - O horror no cinema brasileiro

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

My Duck Is Dead

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Dare, Rave and Tease Cinema

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Italian Film Review

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

New Frontiersnerd

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Du dumme Sau - a Kinski Blog

The films of Klaus Kinski

bloodandgutsforgrownups.wordpress.com/

Horror for the Discriminating Aficionado

Twenty Four Frames

Notes on Film by John Greco

Cine Retirante

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

The Mad Movie Guy Blog

A ~difícil~ vida de um cinéfilo em Londres

DIÁRIO DE UM CINÉFILO

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Calil no Mundo Pop - 5 anos

Filmes do cinema FANTÁSTICO, AÇÃO e MUITA CULTURA POP!

FANGORIA®

The First in Fright Since 1979

Estranho Encontro

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Nudo e Selvaggio

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Killing in Style.

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

giallo fever

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Alfred Hitchcock Geek

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Backyard Asia

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Mondo Macabro DVD

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Phantom of Pulp

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

CiNEZiLLA - Falling asleep to movies since 1970

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Japanese VHS Hell

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

Todo homem tem o direito de ser imbecil por conta própria. (Ivan Lessa)

%d blogueiros gostam disto: